Sorriso

E ela ri

Ri como se não houvesse amanha. Num vai e vem das gargalhadas, das trocas dos olhares, numa timidez incontrolável. Daquele que era o nosso momento, do nosso mundo.

Ali o tempo passava mais lento. Era Gi dos sorrisos esbelto.

Geordias Carvalho

Publicado por Geordias Carvalho

Há coisas que as palavras não se consegui transmitir, por isso escrevo. Escrevo para saciar a minha sede de palavras.

<span>%d</span> bloggers like this: